Blog


NOVO CONSÓRCIO VAI INVESTIR ATÉ US$ 100 MILHÕES EM FOOD TECH EM ISRAEL

30/05/2019 Fonte:

Foco dos investimentos será em melhorias na cadeia de produção de alimentos

Israel tem um dos principais ecossistemas agtech e food tech do mundo. E um novo consórcio deve injetar ainda mais recursos em inovação. O grupo pretende investir até US$ 100 milhões em soluções para alimentos, e é formado pelo Finistere Ventures LLC, um fundo americano especializado em companhias de tecnologia agrícola em estágio inicial; pelo OurCrowd, empresa israelense de equity crowdfunding; pelo Tnuva, maior fabricante de alimentos do país; e Temp Beverages Ltd., empresa de bebidas.

Em um comunicado divulgado à imprensa, o grupo afirma que os investimentos serão feitos em qualquer solução da cadeia de produção de alimentos, de proteínas alternativas a ganhos na eficiência na distribuição. O consórcio quer ainda operar uma incubadora que está sendo construída na cidade de Kiryat Shmona como parte do esforço do governo israelense em transformar o norte do país em um polo de inovação agtech.

De acordo com dados compilados pela Start-Up Nation Central, empresa que monitora a atividade das startups em Israel, entre 2014 e 2018 foram captados US$ 800 milhões em mais de 250 acordos. O país sempre desenvolveu soluções importantes na agricultura, em boa parte por conta da escassez de recursos naturais, agora está à frente de uma onda de inovação relacionada à produção de alimentos. Um dos cases mais famosos dos últimos tempos é o da Aleph Farms, responsável por criar o primeiro bife em laboratório.

“Israel se tornou um importante hub de inovação em agtech e foodtech”, disse Arama Kukutai, cofundador da Finistere Ventures, em comunicado oficial. “Queremos expandir nossa rede de parcerias e ampliar os investimentos nos empreendedores disruptivos da Israel em toda a cadeia de produção de alimentos”.

AUTOR:

Redação AgEvolutiom