Blog


Os executivos dos bancos pensam como fintechs?

24/04/2019 Fonte:

Em 2018, quatro fintechs brasileiras se tornaram bilionárias.

Nubank, Stone, PagSeguro e Brex conseguiram se infiltrar no mercado, mesmo enfrentando o gigantesco poder econômico dos grandes bancos.

Apesar dos grandes bancos e empresas tradicionais do mercado financeiro continuarem prosperando, elas começaram a perceber que parte dos seus clientes enxergou, nas fintechs, serviços mais baratos e de melhor qualidade.

O Nubank, por exemplo, possui mais de 5 milhões de clientes e é o maior banco digital fora da Ásia, onde fintechs chinesas destruíram o mercado tradicional.

Stone e PagSeguro, por exemplo, fizeram IPOs bilionários na Nasdaq, captando 1,5 bilhão e 2,7 bilhões de dólares, respectivamente.

E esses movimentos não se parecem com “pontos fora da curva”. Pelo menos outras 5 fintechs brasileiras podem se tornar bilionárias em pouco tempo: Creditas, Guia Bolso, Geru, Ebanx e Neon.

Os grandes bancos entenderam esse movimento no mercado e estão se aproximando das startups. Bradesco e Itaú construíram prédios para abrigar empresas e têm programas de incentivo.

Porém, poucos sabem qual é o verdadeiro segredo para o sucesso das fintechs. Não é a tecnologia, não são produtos inovadores... é a mudança de mindset que proporciona essa ruptura no mercado.

As fintechs colocam o cliente como protagonista, oferecem produtos alinhados com as necessidades desses clientes, cobram preços justos pelos serviços ofertados e ousam fazer diferente.

Além disso, têm uma cultura de tolerância ao erro, incentivam a inovação e oferecem uma gestão alinhada aos interesses de todos.

Com o sucesso das fintechs, muitos perguntam se os bancos vão deixar de existir no futuro. Ninguém sabe a resposta. Mas um exemplo de 2007 serve de alerta.

Naquele ano, do  lançamento do iPhone, a Nokia detinha 65 por cento do mercado global de celulares, com 1 bilhão de aparelhos ativos. Apenas 3 anos depois, em 2010, sua participação cai para 6 por cento.

A verdade é que os ciclos de liderança de mercado das grandes empresas está cada vez menor. Por isso é muito importante entender o mindset e a forma de trabalho das empresas mais inovadoras da atualidade.

E para quem é executivo do mercado financeiro, o Fintech Executive Program é o programa ideal.

Nele o participante vai aprender sobre as técnicas de gestão e modelos de negócio que geraram as fintechs bilionárias até aqui, trazendo também os principais insights do Vale do Silício e da China, onde a StartSe mantém filiais.

>> Quero me candidatar a uma das vagas

O programa é limitado a 20 pessoas e exclusivo para executivos do mercado financeiro. Para participar, é necessário preencher um formulário e ser aprovado no processo seletivo.

>> Clique aqui para se candidatar a uma das vagas

Espero que você seja selecionado para estar conosco no próximo dia 28 de maio. Boa sorte!

Um forte abraço,

Junior Borneli — Fundador da StartSe